domingo, 18 de junho de 2017

PROVOCANDO MUDANÇAS





Sabe o que me chama atenção na vida de oração de Jesus? É que toda vez que Ele se retirava para orar, uma mudança drástica estava prestes a acontecer. Ele orou antes de escolher os discípulos. Ele orou no Getsemani antes da Sua morte de cruz. Orou antes perdoando seus ofensores. Orou antes para vencer a tentação. Orou antes por mim e por você. Uma coisa é certa: as orações do Senhor não eram rotineiras, cheias de vãs repetições e apressadas. As orações que fazemos hoje precisam carregar a certeza da fé para gerar mudanças.

Seja verdadeiro contigo mesmo; quando você se retira para orar, você percebe alguma mudança? A oração está inteiramente ligada a fé. Você ora e dá um passo de fé. Ora e dá um passo de fé e assim vai.

Pedrão estava dentro do barco em companhia dos outros discípulos no maior conforto e tranquilidade da vida. Os caras viram Jesus andando sobre as águas e tiveram a audácia de chamá-lo de fantasma. Por que? Porque tiveram medo. Pedrão desafia Jesus para ir até Ele. Jesus o desafia de volta: "VEM então, macho". O sobrenatural não era Jesus ou Pedro andando sobre as águas; era Pedro indo em direção à Jesus (Mt 14:29). Mesmo depois de começar a afundar por causa do medo, Jesus estava lá para estender a mão para ele. Esta não é uma historinha de conto de fadas ou mitológicas que você encontra por aí. Por que eu sei que aconteceu? Porque é fé, mano. Ah, mas você estava lá para ver? Não, mas Ele está aqui para me dizer.

A parada toda encerra assim na minha cosmovisão bíblica: Imagino os discípulos que ficaram no barco tirando sarro da cara de Pedro. "Olha lá, está afundando. Eu disse que ele iria quebrar a cara. Ele deveria ter ficado aqui no barco com a gente, assim não passaria por todo esse constrangimento". Aí vejo Pedro voltando abraçado com Jesus e dizendo: "Olha, saí do barco porque não queria ficar na mesma. Estou inconformado comigo mesmo. Quero mudança. É, realmente afundei, mas Jesus estava lá para me ajudar. Posso ter afundado, mas andei sobre as águas em Sua direção. Provei, experimentei e é muito bom". Tem algo mais sobrenatural na terra do que orar e dar passo de fé para provocar mudanças?

AME GERAL

terça-feira, 6 de junho de 2017

ELE NÃO QUER FANTOCHES



Deus te fez poderoso! Quando Deus te deu o livre arbítrio Ele te empoderou. Você não foi feito para estar debaixo de controle feito um fantoche e é por isso que Ele não te controla mas te dá a oportunidade de convidar o senhorio dEle na tua vida. Os filhos saudáveis não são os controlados e bitolados, mas sim os livres que escolhem confiar na liderança do Pai. É uma opção. Eu diria a melhor escolha.

O fato que Deus te deu o poder de escolha demonstra que Ele confia em você mais do que você imagina. Ele confia tanto pois sabe que uma vez que você tem a nova natureza de Cristo no teu espírito, você é propenso às obras de justiça.

Se Ele não nos desse a opção de rejeitá-Lo, isso O faria um ditador. Consequentemente, Ele seria contraditório pois pessoas poderosas nunca se submetem a ditaduras. Ele não traz alinhamento e correção na nossa vida como algo imposto, mas sim uma opção oferecida por um pai bondoso. Ele é um Pai amoroso que enxerga o nosso potencial. Enxergue você hoje que a poda de Deus é um sinal do Seu amor e o indicativo de que ele ainda acredita e tem planos para você!

AME GERAL

terça-feira, 30 de maio de 2017

SEJA DIFERENTE


Existe crítico para tudo no mundo. Crítico de restaurante, de filme, de música, e até crítico de igrejas. Se o teu sonho é deixar um legado, fazer a diferença, ser um agente de transformação no mundo, é preciso ser consumido por uma visão a tal ponto que você saia da zona de conforto e se engaje em ação! É fácil criticar da arquibancada, o difícil é entrar em campo e resolver o jogo. Deus nos chama para ser a diferença!

Pessoas impotentes acreditam que o mundo que os cerca é mais poderoso que Aquele que está dentro delas. Influenciados por essa mentira, o medo os paralisa e os impede de serem impulsionadas pelo Amor que reside dentro delas. Você é capacitado para ser o sal que a Terra carece e a luz que o mundo precisa. O mesmo Espírito que ressuscitou Jesus habita em você! Não é um Espírito Santozinho. É o próprio Espírito Santo!

Uma vez filhos, temos uma comissão a cumprir, e esse chamado nos faz sair da platéia, entrar em cena e dar frutos. Uma vez filhos, o seu amor nos constrange além da nossa inércia. Fazemos escolhas que nos leva a visão que Deus nos deu, não sendo vítimas do ambiente mas transformando o ambiente. É mais fácil nos enxergar como pecadores miseráveis e nos isentar da responsabilidade de trazer a mudança ao invés de abraçar a identidade da na Nova Aliança, e nos enxergar como santos, realeza, e sacerdotes que são chamados para fazer boas obras e não boas críticas.

Ficar na arena dos críticos é mais seguro e confortável. Mas lembre-se que os críticos nunca serão lembrados, e os fazedores de história jamais serão esquecidos. Para fazer história é preciso agir! Afinal, fé sem obras é morta. Posicionados sob a forte mão de Deus, assim como os apóstolos, avançamos rumo à Sua vontade!

Hoje, mais uma vez, ofereça o teu “SIM” ao Senhor e creia que assim como Ele multiplicou 5 pães e 2 peixes aos milhares, Ele também pode pegar o teu “SIM” e transformá-lo em benção para multidões. 

AME GERAL!

quarta-feira, 24 de maio de 2017

NOSSOS VALORES



Ouvimos as pessoas falando sobre Amar e não negociar valores é para com os homossexuais (mesmo que não seja somente para com eles), que quando Cristo nos deixa o mandamento do amor, não é dizer: EU AMO, MAS NÃO NEGOCIO MEUS VALORES. 

Valores foram feitos para sofrerem mudanças.

Os meus valores são minhas raízes, e muitas das vezes elas podem estar podres ou até mortas em algumas partes, isso faz com que eu reveja o que esta acontecendo com meus valores/raízes, e arrumar ou até mesmo cortar fora.

O amor esta acima sim dos meus valores. 'I Co 13. 11-13 Quando menino fazia as coisas de menino, agora que sou homem acabei com as coisas de menino, vemos por espelho em enigma, mas veremos face a face; no momento em parte, mas conhecerei como sou conhecido. Permanece agora fé, esperança e amor, o maior deles: O AMOR

Perguntou o intérprete da lei a Jesus: 'Quem é o meu próximo? (Lc 10.29)

Jesus respondeu: umbandistas, candomblecista, homossexuais, esquerdistas, mulheres, espirita, evangélicos, católicos, homens, héteros, pastores...'

Amar não é respeitar, sem negociar os “valores”. E se Cristo mandou amar o inimigo, veja bem: amar... e não "respeitar sem negociar valores", o amor cobra caro, meu chapa! Começa por derrubar muros de preconceitos e valores para se tornar o maior mandamento.

Reveja seus valores.

AME GERAL



domingo, 14 de maio de 2017

NÃO É A CASCA DAS COISAS


Deus é amor, não a casca das coisas. Não é o jeito, a pulseirinha, o costume, o cartaz. Deus é amor, gritam um milhão de vozes como se fossem únicas, mas o amor, diferente do que pensamos, é humilde o bastante pra se expressar através de jeitos (que não são os seus), pulseirinhas (que você não usaria), costumes (que não fazem sentido na sua vida) . Isso é necessário. Necessário para você entender que foi criado a imagem e semelhança de Deus, e não o contrário. 


Necessário para entender que o que te salva não aborda estéticas e é lindo. Ser a imagem e semelhança de Deus significa enxergar o que há por trás das coisas, e não só as coisas: cuspe e barro pode ser uma caca aos seus olhos, ou pode ser a cura. Água pode ser nada, ou pode ser vinho! A morte pode ser o fim, ou pode ser aquela tal vida. Deus é amor, não a casca das coisas. A casca das coisas se quebrará, voltará ao pó, desaparecerá. São as primeiras coisas, e elas passarão. Passe por este corredor mas não o trate como sala principal. 


Estamos na recepção, aguarde. Deus usa o que bem entender, onde e quando quiser. Usa inclusive preconceituosos como eu, para escrever textos como este, para mostrar que não determinamos nada.


Bem vindo ao temporário, falível, maravilhoso solo inseguro das coisa que levam para o solo santo.


Onde estávamos com a cabeça achando que Deus, por inteiro, estaria só no que nos agrada? Tal vaidade tem outro autor, e ele também passará.


AME GERAL