quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

SEM QUERER JULGAR...


O assunto da semana: Silas Malafaia no programa de frente com Gabi. Eu aposto que você comentou isso no seu facebook ou viu alguém comentando, tenho certeza! E isso (com todo o respeito) já encheu o saco, não vou opinar se o Malafaia mandou bem ou mandou mal nas respostas ou se foi uma boa ter ido lá ou não, mas eu preciso falar de nós que sempre comentamos e estamos sempre certinhos em nossas colocações de quem sabe muito de tudo!





Quando o Pr. Lucinho Barreto postou uma foto cheirando a bíblia choveu comentários dos ‘sabe tudo da fé’, a maioria criticando, alguns apoiando (o Ryan colunista de quarta feira com certeza apoiou rsrs). Mas enfim, a lista dos pastores mais ricos do Brasil, a toalhinha ungida do Valdomiro Santiago, o corredor santo do Edir Macedo, igrejas alternativas/undergrounds, evangelismo no carnaval, na parada gay, parece sinceramente que vivemos pra julgar coisas que pessoas mais ousadas que nós tem coragem de fazer! Existem erros em algumas dessas coisas que eu citei?
Provavelmente sim, mas por que julgar? Por que apontar o dedo? Nos sentimos donos da verdade e conhecedores absolutos de todos os métodos de evangelismo e reis da teologia, sabemos tudo e não fazemos nada, só falamos, só julgamos!



Criticas aos pastores mais ricos do Brasil, criticas ao Caio Fábio, criticas ao Lucinho Barreto, julgamos costumes diferentes dos nossos... E sinceramente, isso não nos ajuda em uma evolução saudável, só nos tornamos críticos e pensadores revolucionários do facebook, uma critica, um status com um louvor bonitinho, um compartilhamento de alguém influente pra nós e só! Só isso! Sem contar os generalizadores de plantão, que veem um pastor sendo acusado (sem provas ás vezes) de enriquecimento ilícito e colocam todos na mesma panela, como se fossem todos iguais quando na verdade não são.
Aí falamos a frase mais clichê dos últimos tempos: ‘’Eu não quero julgar, mas... ‘’ (e em seguida colocamos nosso julgamento disfarçado de opinião).




Essa semana eu só queria falar isso, só isso tudo, e fazendo uma resalva, claro que em alguns senão em todas essas e outras polêmicas eu comentei/julguei também, ou seja, esse texto assim como os outros me causa dor primeiro pra depois causar em vocês que leem.
É isso defuntos, fiquem com Deus!



‘’HEY! HO! LET’S GO!’’

Tiago Almeida



www.facebook.com/projetodefunto
www.youtube.com/projetodefunto
@projetodefunto
projetodefunto@gmail.com

3 comentários:

  1. mandou super bem!!!! ótimo texto

    ResponderExcluir
  2. Tive esse pequeno debate com o meu namorado e sobre pastores eu mantenho minha opinião sobre que, sim não devemos julgar, não devemos apontar, mas devemos alertar o povo cristão dos falsos profetas, não? Sendo bem sincera, já julguei bastante, já me contrariei, mas depois que vi a entrevista do Silas; essas superstições básicas de alguns pastores para que os fiéis depositem sua fé e esqueçam eles que é a fé que está realizando algo e não os objetos; me indigna essa questão de que pastores recebem milhões e podendo realizar outras coisas, não fazem (mas, é uma opinião minha; pode até ser julgamento, não sei...), etc. Só que muitos cristãos tem que entrar na real que não existe pastor correto, todos tem defeitos, só que eu acho que tem sim que alertar. Mostrar pros demais e até pra nós mesmos, que é necessário discernimento. É preciso ser racional, porque o culto é racional, é inteligente, para que possamos observar e compreender a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.
    Basicamente, tudo que você disse, foi que o Castilho falou, hehe... Mas, só quis dá essa opinião do que acho que podemos sim fazer; pode ser que a forma como queremos alertar tá mega julgamento. E, isso tá afastando cristãos cada vez mais, uma guerra entre a gente acontecendo...

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto, rs Como eu te disse foi Jesus gritando! Simplesmente porque se Jesus estivesse aqui na terra acho que ele estaria fazendo o que muitos não fazem,.. A Bíblia diz que aonde está o nosso coração aí estará firmado nosso tesouro. Os Pastores serem ricos não vejo problemas, se eles roubam ou sei lá mais o que, isso só Jesus poderá cobrar deles, temos que fazer nossa parte, o que eu vou dizer pra Jesus? aah Senhor eu tava nas redes sociais criticando,julgando,defendendo, ! Tem pessoas morrendo pelas causas erradas, enquanto estamos focados em coisas fúteis, siim fúteis, se eu critico alguém por nao dar a dinheiro pra quem precisa.. Poxa eu vejo mendigos na rua, não tenho coragem de ir na padaria comprar um pão, pagar um café! vou falar com que moral espiritual do meu próximo? Fernanda Brum diz algo que acho Lindo ela diz que nós temos que RESPIRAR SALVAÇÃO...Salvação,Salvação,Salvação ! Que possamos focalizar no que Deus quer que façamos, como diz o ministério livres para Adorar - TEMOS QUE MORRER PARA QUE OUTROS POSSAM VIVER! acho que tem mta gente se matando pela causa errada! e defendendo causas menos importante do que Salvação ao próximo! Eu Logicamente tenho minha opinião formada, amei a entrevista ele disse Tudo o que está na bíblia, mais o que é mais importante do que criticar e defender qualquer Pastor, é socorrer os que estão morrendo pelos propósitos enganosos!

    ResponderExcluir